anuncie no canal da serra
Anúncio:
anuncie no canal da serra

Corinthians encerra vínculo com Caixa e busca acordo para novo patrocínio


Compartilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

img_5071

O Corinthians não exibirá mais o nome da Caixa em seus uniformes. O contrato de patrocínio com o banco acabou às 23h59 da quarta-feira, data da partida contra o São Bento, a última com a marca na camisa. Sem a renovação, a diretoria do Timão busca um acordo com o fundo interessado no naming rights da Arena.

A tendência é que no sábado, contra o Oeste, o clube use a camisa “limpa” na frente e nas costas. As únicas marcas com acordo vigente na camisa são a Tim, que exibe sua marca no número, e a Winner Play, empresa que exibe seu símbolo na região dos ombros.

A Caixa pagava R$ 30 milhões ao Corinthians e sinalizou nas negociações que gostaria de manter o valor. O clube, porém, não aceitou, sobretudo depois que o banco passou a fechar contratos com mais equipes. O marketing alvinegro chegou a pedir R$ 37 milhões por ano, mas as conversas travaram.

Corinthians e Caixa devem se pronunciar nesta quinta-feira sobre o fim da parceria, sobretudo para destacar o bom relacionamento entre as partes. Por meio de nota oficial, o Timão vai agradecer ao banco pela confiança depositada nos últimos anos e sinalizar que está negociando com outras empresas. Ninguém do clube falou sobre o assunto até o fim do contrato.

O banco estatal estampava sua marca no clube desde novembro de 2012, pouco antes da disputa do Mundial. No ano passado, o Timão chegou a manter o nome da empresa no uniforme antes mesmo de acertar a renovação.

rib6997

A diretoria do Timão vive agora a expectativa de anunciar um novo parceiro nas próximas semanas. O acordo está diretamente ligado às negociações para a venda do naming rights de seu estádio em Itaquera. O clube tem conversas adiantadas com um fundo de investidores do exterior. Os nomes das empresas envolvidas estão sendo mantidos em sigilo.

Na semana passada, a convocação de uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo, para o dia 7 de março, no Parque São Jorge, deixou a torcida eufórica. Os conselheiros foram chamados para discutir assuntos ligados à Arena, mas não receberam mais informações. É esperado que o presidente Roberto de Andrade repasse detalhes das negociações.

O Corinthians procura interessados desde o lançamento do projeto, em 2010. Na época, o clube queria R$ 420 milhões por 20 anos de contrato. Agora, admite fechar por um valor menor.

Todo o dinheiro arrecadado será destinado ao pagamento da Arena – o valor total da obra é de R$ 1,2 bilhão. Desde a metade do ano passado, o clube paga parcelas mensais de R$ 5 milhões para quitar a dívida.

Fonte: Globo Esporte

Comentários


Anúncio:
anuncie no canal da serra