anuncie no canal da serra
Anúncio:
anuncie no canal da serra

Minas recebe lanterna Juiz de Fora na Superliga Masculina


Compartilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

minas__volei_orlando_bento_29_760x428

Um time vem de reabilitação e tenta se consolidar no pelotão de frente, na caçada ao quarto lugar. O outro tenta enfim estabelecer uma sequência de pontuações após conquistar apenas duas vitórias em 15 jogos. É nesse cenário que Minas e Juiz de Fora se enfrentam na noite desta quinta-feira, às 19h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte, pela quinta rodada do returno da Superliga Masculina de vôlei.

 

O Minas enfrenta o Juiz de Fora tentando o segundo resultado positivo depois de amargar uma sequência de três jogos sem vencer na Superliga. O time minastenista venceu o Sesi por 3 sets a 2 na última rodada do torneio, em Belo Horizonte, e subiu para a quinta colocação na tabela, com 22 pontos, somando oito vitórias em 15 jogos. Por se tratar de um duelo de mineiros, o cubano Escobar, atualmente maior pontuador da Superliga, com 309 pontos, acredita que o Minas não deverá ter grandes surpresas em busca da vitória.

– Temos que jogar concentrados e com a mesma vontade do último jogo. Fizemos um jogo bom e conseguimos uma grande vitória. Já conhecemos o time do Juiz de Fora desde o Campeonato Mineiro e isso pode nos ajudar um pouco – afirmou o jogador.

Mesmo se vencer, o Minas permanece na mesma posição, já que o Campinas, quarto colocado, está com 27 pontos. O técnico Nery Tambeiro terá à disposição para a partida os levantadores Everaldo e Carísio, os centrais Flávio, Pétrus e Nicolas, os ponteiros Bruno Canuto, Raidel, Cleber e Willian, os opostos Escobar e Madaloz, e os líberos Lucianinho e Maique. O ponteiro Thiago Vanole, com uma lesão no tornozelo, é o desfalque da equipe.

img_2329_1

Após perder para o Canoas, o Juiz de Fora permaneceu na lanterna da Superliga, com 7 pontos ganhos. Por isso, uma vitória em Belo Horizonte é muito importante para que o time reduza a desvantagem que tem para o Maringá, que tem 11 somados e ocupa a penúltima colocação.

Para este compromisso, o técnico Alessandro Fadul não tem problemas para escalar a equipe. Desta forma, o comandante deve levar à quadra o time com o levantador Maurício, o oposto Leandrão, os ponteiros Renato e Djalma, os centrais Ninão e Diego, e o líbero Fábio Paes.

– Não tem outro jeito. Eles venceram o Sesi, jogando bem, e chegam embalados. Sabemos que não será fácil. Podemos pensar em uma alteração ou outra como recurso estratégico para a partida, mas o fundamental é manter a concentração e a união em quadra. O grupo segue trabalhando, consciente do que vem sendo feito, e o objetivo é fazer uma boa partida para sair com um bom resultado – definiu o treinador.

 

 

 

Fonte: Globo Esporte

 

Comentários


Anúncio:
anuncie no canal da serra