anuncie no canal da serra
Anúncio:
anuncie no canal da serra

Nós Estamos Curtindo: Engenheiros do Hawaii


Compartilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

download

Música é uma arte totalmente presente em nosso dia a dia. Desde a antiguidade, a música faz parte do cotidiano dos seres humanos.

As primeiras imitações sonoras do homem da pré-história, foram unicamente através do som dos movimentos corporais acompanhados de sons vocais, eles pretendiam completar a possessão do animal na sua essência, a sua alma.

Quando o ser humano tomou consciência de si, procurou as respostas do que não entendia: as primeiras respostas foram mágicas, com as crenças espirituais apareceram as religiões. Para algumas culturas a música teve uma origem divina, porque acreditavam que os sons foram-lhes dados por uma divindade. No entanto, a música tinha uma correspondência direta com o cosmos e com o movimento dos planetas. Assim apareceram as primeiras lendas sobre a sua origem.

Somente através do estudo de sítios arqueológicos podemos ter uma ideia do desenvolvimento da música nos primeiros grupos humanos. A arte rupestre encontrada em cavernas dá uma vaga ideia desse desenvolvimento ao apresentar figuras que parecem cantar, dançar ou tocar instrumentos. Fragmentos do que parecem ser instrumentos musicais oferecem novas pistas para completar esse cenário.

Banda Engenheiros do Hawaii:

Tudo começou em Porto Alegre no ano de 1984. Devido à greve na faculdade de arquitetura, as aulas se estenderiam até janeiro de 85 e diante da situação a faculdade organizou happenings com os estudantes que produzissem arte na escola.

Humberto Gessinger (que na época tocava guitarra) ficou sabendo que Carlos Maltz tocava bateria. Os dois esbarraram em Marcelo Pitz (baixista) e juntos decidiram participar da bagunça, ainda com a participação de Carlos Stein (Nenhum de Nós) na guitarra , que logo deixou a banda.

Engenheiros do Hawaii?
Na faculdade, os estudantes de arquitetura e engenharia se envolviam em rixas curriculares, filosóficas, estilos de vida opostos… Enfim, o pessoal da arquitetura inventou um apelido pra acabar com os inimigos. “Todo estudante de arquitetura é meio arrogante, acha que os engenheiros estão abaixo. Tinha um pessoal na engenharia que usava aquelas roupas de surfista, e, para irritá-los, nós fazíamos questão de chama-los de “engenheiros” e, mais do que isso, engenheiros do hawaii, que é um paraíso meio kitsch”.

Na época, Porto Alegre e o Brasil presenciavam uma explosão de bandas punk, quase sempre com nomes heróicos: Cavaleiros do apocalipse, Virgens Nucleares, Legião Urbana, Titãs, Replicantes, Garotos de Rua etc… O que segundo Humberto também contribuiu para a adoção do nome: “Sempre me assustou essa coisa heróica da música pop, porque te leva a ser meio semideus. Engenheiros do Hawaii era um nome desmistificador, ninguém nos levaria muito a sério.
Agora que já sabemos um pouco sobre a banda, vamos curtir?

O Canal da Serra, é um site de web jornalismo sério, mas também gostamos interagir com a nossa região. Nós gostamos muito de música. Hoje  estamos curtindo a Banda Engenheiros do Hawaii – Eu Que Não Amo Você. Veja o vídeo conosco e fique ligado em nosso site, brevemente teremos algumas novidades.

 

 

Comentários


Anúncio:
anuncie no canal da serra