anuncie no canal da serra
Anúncio:
anuncie no canal da serra

Varejão acredita que Brasil brigará por medalha no Rio


Compartilhar:
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

bas_andersonvarejao_fiba_95

Em 2012, Anderson Varejão foi um dos jogadores que fez parte do time que pôs fim ao jejum de 16 anos do Brasil fora dos Jogos Olímpicos. Feito marcante na carreira do veterano de 33 anos. Mas a emoção vivida em Londres não passa perto do que deve ser representar a seleção brasileira nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em agosto. Momento pelo qual o ala-pivô do Cleveland Cavaliers, da NBA, admite estar contando os dias.

– Já foi uma experiência incrível estar em Londres quatro anos atrás, mas estas Olimpíadas (2016) vão ser muito especiais para o Brasil e para todos os meus compatriotas. Mal posso esperar para jogar em casa, diante dos nossos torcedores, da nossa família. Para ser honesto, estou contando os dias até os Jogos do Rio – disse Varejão ao site da Federação Internacional de Basquete (Fiba).

Otimista para as Olimpíadas, Varejão acredita que a seleção brasileira entrará em quadra para brigar por uma medalha. Ele relembrou o desempenho do Brasil no último Mundial, na Espanha, em 2014, quando o time acabou eliminado nas quartas de final pela Sérvia, e disse que a torcida no Rio será um diferencial importante na busca pelo pódio olímpico.

– Nós mostramos na nossa última competição internacional que nós podemos brigar por medalha. Esse é o nosso objetivo. É sempre bom jogar em casa porque todo o país vai estar nos apoiando. É uma vantagem. Se tivermos alguns jogos ruins, temos que estar preparados também, porque os fãs vão querer que a gente vença e tenha sucesso. Nós vamos estar prontos para todas as possibilidades, mas estou confiante e acho que as coisas vão dar certo para a gente – completou o jogador.

gettyimages-492507492

Sofrendo com seguidos problemas físicos nos últimos anos, Varejão disse estar plenamente recuperado da cirurgia de reconstrução do tendão de Aquiles que precisou fazer no fim de 2014. De volta em novembro do ano passado, Varejão tem tido atuações discretas na temporada do Cleveland Cavaliers, com menos de 10 minutos em quadra por partida, com médias de 2,4 pontos e 2,8 rebotes.

– Todos os problemas físicos que tive já estão no passado. Estou me sentindo muito bem agora e recuperei muito bem o meu tendão de Aquiles do problema no ano passado. Sinto que estou com forças nas minhas pernas e preciso apenas de um pouco mais de ritmo, o que vai vir com mais tempo de jogo – concluiu.

 

 

 

 

Fonte: Globo Esporte

Comentários


Anúncio:
anuncie no canal da serra